terça-feira, 2 de setembro de 2008

Blogs, sites... e algumas confissões!

Alguns dias atrás houve uma interessante discussão na lista da Área RPG sobre sites de RPG e seu papel na difusão do hobby. Um dos assuntos tratados foi o anúncio da RedeRPG sobre a diminuição do número de notícias por dia. não é de hoje que Marcelo Telles, adminstrador do portal e figura polêmica entre as listas de RPG, fala sobre a crise do RPG nacional e credita a ela a diminuição nas matérias que seus colaboradores enviam a Rede. Sobre isso apenas digo que ao mencionar a crise, talvez Marcelo Telles devesse ser um pouco mais claro, para não permitir má interpretação de suas palavras, já que dizer apenas que há uma crise é um bocado vago.

Um outro aspecto abordado foi a óbvia preferência das pessoas em postarem notícias e comentários em seus blogs pessoais ao invés de usar os sites já conhecidos. Um comentário meu aparentemente foi mal interpretado por algumas pessoas, questionando inclusive se eu estaria criticando essa escolha pelos blogs pessoais, ao invés dos endereços eletrônicos mais famosos.

Bom, analisando que eu escrevo tanto no meu Multiply como em um outro blog, isso seria uma bela hipocrisia de minha parte, não?

Outro aspecto interessante é que tempos atrás meu amigo André Polux, autor do Sigma RPG e na época do staff da RPG online, fez um convite para eu colaborar com o portal. Na época eu estava envolvido com outras coisas e, para ser brutalmente sincero, não sabia sobre o que escrever. Eu já colaborei com a Dragão Brasil do Sílvio Compagnioni, com a Nivel Épico do Tiago Lobo e até com o portal do RPG & Cultura (hoje creio que fora do ar) do João Paulo Sette, e algumas outras coisas como fanzines, entrevistas, etc. Mas naquele momento parafraseei Einstein, dizendo que quando tivesse algo a dizer, eu voltaria. Algum tempo trás, depois da minha epifania pessoal ao redescobrir o RPG com o Itiro, comecei a me empenhar em mostrar que há um mundo de experiências diferentes para quem quer extrair mais do prazer que é jogar RPG. Minha coleção de jogos já era grande e ficou bem maior, com muita coisa ruim e injogável, mas com bastante coisa interessante também. A idéia da Área 51 no EIRPG e do Domingo RPG também fazem parte desse meu empenho. Então, mesmo não sendo lá essas coisas como escritor, por que não tratar disso?

E enquanto conversava com o pessoal do portal a respeito disso, a galera da Área RPG abordava a questão de escrever em portais ou blogs pessoais. Sincronicidade? Eu devia ler mais Jung...

Então, se posso escrever o que quiser aqui, por que me submeter aos interesses de outras pessoas e "dar cliques" para elas por nada? Obviamente alguem vai dizer que quero "ser famoso". Recuso-me até a responder isso! Cheguei a pensar inclusive em usar nomes falsos ou "fakes", mas eu não sou criminoso, e sempre achei que quem escreve algo tem que dar a cara a tapa, se não tem vergonha do que está falando. E eu gosto muito do nome (comprido) que meus pais me deram!

Tive convite para escrever em mais dois espaços, o Atsumi e um outro que não vou revelar o nome, mas também é muito bom. Eu postei recentemente a minha resenha prometida ao Itiro por lá, mas sinto-me meio redundante escrevendo no mesmo blog que o Itiro e a MC Zanini. Sobre o que vou escrever que não sairia bem melhor se escrito por eles? No outro blog eu não quis por falta de tempo e por compromissos já assumidos, mas realmente me deu um aperto recusar.

Agora, por que não simplesmente escrever nos meus espaços? Bem, como eu já disse antes, eu nunca me refiro ao meu blog como um blog de RPG, e sim como blog de um RPGista... tangueiro! A diferença (na minha humilde opinião) é que o meu blog não tem obrigação de falar sempre de RPG, ou de se preocupar em divulgar as últimas notícias sobre D&D ou quanto vendeu o último lançamento do World of Darkness. Já tem gente muito boa fazendo isso ou aquilo. Meu espaço é para falar do que eu quero, podendo ser um RPG conhecido como L5R, ou um independente gratuito que ninguém vai querer jogar, ou simplesmente uma crítica qualquer a um comportamento que acho inadequado.

Então por que falar tanto de RPG?

Carlos Frederico, do excelente O Covil, fala que RPG não é uma causa, é um hobby. Eu concordo inteiramente com ele. Mas eu tenho como um dos meus objetivos pessoais difundir esse hobby, por varios motivos diferentes. Um dos meus métodos será através da divulgação de diferentes cenários e sistemas que o público brasileiro não conhece. Conforme algumas autorizações chegarem e o meu trabalho na tradução de... AHÁ! Pensaram que eu ia revelar o nome? Não, ainda não, mas estou realmente traduzindo um RPG para a Devir Livraria. Outro dia direi qual é.

Voltando...

Quando minha atual tradução terminar, espero poder traduzir alguns sistemas simples e interessantes para o português e poder disponibiliza-los. Também espero poder terminar logo meus outros trabalhos na área. Mas, por enquanto, quero atiçar a curiosidade dos jogadores com idéias novas, mas isso seria meio ineficiente trabalhando apenas aqui no meu espacinho.

Eu sempre acreditei em agregar, trabalhar em conjunto. A blogsfera é uma realidade que vai crescer cada vez mais, mas não vejo porque isso impossibilita também o trabalho dos grandes sites em sua importante missão de divulgação.

Então é isso. Hoje começou a sair no RPG online minhas matérias sobre RPG. Gosto muito da galera de lá, e acho que será muito legal trabalhar com eles. A primeira contribuição minha foi a publicação da minha matéria de RPGs de faroeste. Até o final da semana devo entregar a próxima. Vamos ver como será, pois ainda quero ajudar também outros locais e continuar com minhas divagações pessoais por aqui.

Pra quem chegou até aqui, obrigado pela paciência!

P.S. E quem realmente estiver interessado em boas resenhas... vá no Atsumi!

Jaime, o adepto da Auto-ironia...

7 comentários:

Phil Souza disse...

Sei lá, Jaime Daniel não me parece um nome tão complicado assim. De alguma forma me soa bem sabia?

Ah, essa bloguesfera está crescendo e isso é bem divertido com certeza! Tenta fazer uma força e comparecer no Encontro de Blogs no proximo ano no EIRPG, o evento vai ser bem mais interessante com certeza!

Sabia que temos uma paixão em comum? O Faroeste! Alias essa nova mania está comendo meu dimdim, estou comprando dvds como louco...

Phil Souza disse...

Alias Jaime, uma dúvida. Você habilitou os comentários somente usuários do blogger e que usam openid por que quis?

Por que senão muita gente não vai conseguir comentar e você nem vai saber. Só consegui por que sou chato e a muito tempo criei um OpenID exatamente para esse tipo de situação (coisa de maluco...).

Koutarô disse...

Que concidência, eu também gosto do nome que seus pais te deram. XD

Queria saber se tem Call of Cthullu "dublado"... Tô pensando em aprender a joga-lo. =P

Jaime Daniel disse...

Salve Phil!

Eu vou tentar, mas EIRPG é uma droga pra mim, muita dor de cabeça e pouca diversão. Como diria o grande filósofo Roger Murtaugh, " I'm too old for this shit!"...

Sobre os comentários, foi porque sou um analfabeto digital mesmo! Descobri também que eu tava com fuso horário trocado... eu sou uma lástima... :) Valeu pela observação!

Jaime Daniel disse...

Salve Leandro!

É, sempre gostei dele, desde pequeno... :D

Sobre CoC, eu sei que tá sendo traduzido por uma camarada meu e deve sair no ano que vem. Acho que vc vai ter que esperar...

Abção!

And Becker disse...

bem Jaime, eu não sou um leitor assiduo de espaços online; a facul e o trampo tomam meu tempo, mas saiba que o Domingo RPG é tão importante pra mim como é pra vc...

talvez por motivos diferentes, mas o fato é q eu gosto daquele espaço... eu ando montando grupos na net pro próximo encontro, vou ver como as coisas vão sair...

até lá...

Jaime Daniel disse...

Fala And...

Bom, se pelo menos o seu grupo tá gostando, o evento já tá servindo pra mais alguma coisa...

Valeu!