terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Eventos de RPG em Sampa: Menos dois...


Mais ou menos um mês atrás recebi uma notícia que me deixou chateado. O pessoal do Projeto RPG Livre não iria mais realizar o evento Tardes de RPG livre na Carmel. Os motivos foram diversos, mas entre eles a falta de assiduidade dos jogadores ao evento. Uma pena!

Hoje chegou através do News RPG a notícia que o RPG no Bob's que acontecia em São Paulo não irá mais ser realizado. Mais detalhes aqui.

Em poucos meses, São Paulo perdeu dois de seus eventos regulares de RPG. Isso significa alguma coisa?

Sinceramente, não sei. Os motivos são diferentes... mas nem tanto. O pessoal do RPG Livre estava sem público e com projetos diferentes precisando de maior atenção. Já o RPG no Bob's com a ausência do Domingos Onslaught não conseguiu ninguém do grupo da REDERPG que tocasse a frente o projeto. Em ambos os casos vemos um problema com a falta de vontade do público de participar de forma mais ativa em eventos de RPG.

Isso significa o fim do RPG em Sampa? Claro que não! A MegaCorp continua com seus workshops mensalmente no CCSP e deve continuar por um bom tempo, espero! infelizmente não tenho acompanhado e nem recebido mais notícias do RPG na biblioteKá que acontecia na Biblioteca Paulo Duarte. Creio que o CCJ deve continuar com seu espaço para RPG, com seus encontros semestrais, principalmente se conseguirem de novo a verba do Projeto VAI. O RPGArautos agora estão se reunindo na Ludus, aproveitando o furor do D&D 4 ed.

Do meu lado tenho tentado contribuir para que o RPG tenha mais espaços para sua prática, mas não me deixo enganar pelo entusiasmo.

O Domingo RPG continua acontecendo todo mês no último domingo do mês, mas ainda não tem um público fiel significativo. Embora esteja sendo realizado desde outubro de 2007, a presença dos jogadores é muito inconstante, já tendo acontecido de somente eu ter ido num certo domingo que propositadamente não fiz divulgação, ou seja, o público do evento não é regular, dependendo inteiramente de propaganda.

Já a Sexta Underground talvez esteja de mudança. Embora a instalação da Terramédia seja adequada e o pessoal muito atencioso, por motivos diversos estou procurando uma alternativa para o evento, que se mostrou o local ideal para quem quer conhecer jogos diferentes, como Dogs in the Vineyard, Mountain Witch, Dust Devils, In a wicked age e outros. Espero ainda esta semana ter mais novidades a respeito.

Mas qual o motivo dos eventos de RPG não deslancharem em São Paulo? Aqui acontece o Encontro Internacional de RPG, temos duas das principais editoras de RPG do país e talvez o maior número de jogadores de RPG do Brasil. Por que os eventos menores tem vida curta ou estão desaparecendo?

Planejo falar mais a respeito, mas aqui fica a pergunta?

Vale a pena ainda fazer eventos de RPG?

6 comentários:

guerrasdraconicas disse...

Vocês pelo menos tem eventos :( imaginem aqui que a coisa é mais braba, dependendo de prppganda pesada, se não nada rola. Infelizmente temos poucos espaços, e os pocos que exite tem muito atrito entre eles o que dificulta a unificação do pessoal. :(
Boa sorte!

Jaime Daniel disse...

Salve!

Cruel, não?
É difícil mesmo!

Ainda bem que a gente é teimoso... XD

abçs!

fabiosooner disse...

Espero que os paulistanos de nascimento não levem isso a mal, porque não é a intenção. Mas acho que sei porque esses eventos não duram.

Basta olhar pro próprio post: veja a quantidade de "eventinhos" (sem menosprezar - apenas me refiro ao fato de não reunirem centenas de pessoas) que você relembrou, apesar da perda de dois deles.

São Paulo tem um jeitão meio segmentado, cada grupo na sua. É assim com música, por exemplo - aqui tem uma ou duas boates de som gótico, uma ou duas casas de shows punk, outras tantas de som indie, e assim vai. É claro que algumas coisas estão próximas do mainstream e aí ganham mais espaços - como, sei lá, música eletrônica em geral. Mas a tendência aqui é sempre de que o público, mesmo aquele de coisas consideradas alternativas, se sub-divida até onde puder.

Isso acontece porque São Paulo tem espaço pra isso. Não é algo pensado, e sim natural em uma cidade com tanta gente, tantas possibilidades, e esse caráter cosmopolita - mas com todo mundo meio longe uns dos outros. Assim, as coisas tendem a se fragmentar - seja por local, por gosto ou conveniência.

Eu acredito que seja assim com o RPG também. Já temos um grande evento que junta todo mundo, que é o Encontro Internacional. No resto do tempo, o pessoal vai se reunir onde é mais simples e tem mais a ver com o estilo de cada grupo, ou onde for mais perto.

RPG tem ainda uma característica própria, que é o fato de ser algo simples de se praticar em casa ou nos arredores - basta ter mais dois ou três amigos próximos dispostos.

Se eu gosto de rock gótico, talvez eu não tenha outra opção de balada a não ser o Madame Satã e acabe indo lá mesmo que more do outro lado da cidade. Com RPG é mais complicado; é mais fácil conseguir acertar um horário com meu grupo pra jogar aqui em casa ou no CCSP (aqui do ladinho) do que me deslocar para um evento na zona norte.

Juntando todos estes fatores, é de se espantar que ainda haja tantos "eventinhos" (de novo, não digo isso de forma pejorativa).

Ana disse...

Muitas teorias...

Tamanho da cidade, dificuldade de deslocamento
Rivalidade entre grupos
Envelhecimento dos jogadores paulistanos, menos tempo, não renovação dos RPGistas
Falta de infra-estrutura/horários atraentes nos locais dos eventos...

Podemos continuar ad nauseaum aqui, mas acho que um point não se faz com hora marcada e com estímulos artificiais, como sorteios e "empurrões". Tenho a impressão de que o Underground deu mais certo porque acontece toda semana e com um tipo de jogadores que já demandavam um encontro de jogos indies em uma noite da semana.

Silvio disse...

Vale a pena sim Jaime, mas não nos moldes pre historicos que temos hj em dia. Comeco a falar sobre isso no meu blog www.roleplay.com.br da um pulo la

Jaime Daniel disse...

Salve Sílvio!

Eu concordo com vc, Sílvio. Estou esperando uma boa proposta para participar, apoiar ou apenas torcer por ela. É o que posso fazer por enquanto, já que minha criatividade parece não funcionar em termos de eventos...

E eu estou acompanhando o seu blog sim, e vi sua entrevista (em duas partes) lá com o dr. Careca. Olha ele relacionado no meu blogroll...
E estou esperando suas idéias para o nosso Improved RPG event.

Grande abraço e obrigado por ter aparecido!