domingo, 16 de novembro de 2008

Causos do Jaime - Atira em mim, vampiro!

Bem vindo às lendas lendárias do Jaime! Casos idiotas que parecem acontecer em quantidades absurdas em campanhas desse pitoresco narrador chamado... Jaime! E vamos para o grande "causo" do...

Atira em mim, vampiro!
Em priscas eras atrás, quando meu grupo jogava na Forbidden Planet da Av Ibirapuera, iniciamos uma campanha de Caçadores Caçados. Entre nossos integrantes ímpares tinha um jogador cujo apelido era Mulder, pois só jogava Storyteller com o Fox Mulder (na verdade, não consigo lembrar dele jogando OUTRO sistema... ou com outro personagem).

O jogador era ... original, digamos assim. Ele achava que por ser do FBI podia carregar uma M60 no carro (sim, M60, não M16, M60!!!!) e atirar com ela com todo o poder de sua Força 2... Enfim, Mulder fazia parte do audaz time de caçadores que resolve matar o elder Ventrue dono de um canal de TV da cidade da campanha, New London.

Não lembro qual a linha de raciocínio que os fez ir até os escritórios ao invés de tentar pegá-lo em casa, e nem a série de... "táticas brilhantes" que utilizaram para entrar no prédio do estúdio do canal de TV. Sei que eu me lembro estar de bom humor (leia-se "ria p/ cacete!"), então creio que isso explica alguma coisa.

Bom, a equipe B dos caçadores (sim, pois havia uma equipe A, que já havia entrado) entra no prédio e chega num andar de escritórios. Eles não encontram a equipe A porque os grupos estão em andares diferentes. O salão onde está a equipe B é enorme, mas vazio e com as luzes apagadas. São vários cubículos com divisórias de meia parede. O problema é que tem um assassino assamita ali também que desligou todas as luzes do andar (ah,era de noite, só para ficar mais interessante!) e aguardava os personagens, oculto pela escuridão, com uma shotgun carregada.

Indecisos sobre o que fazer, os jogadores ficam discutindo entre si até que eu digo:

-Olha, vocês escutam um disparo! Pelo ruído é uma shotgun que despedaça uma parede ao seu lado, e ainda deu para ouvir os sons, meio abafados pelo carpete, de alguem se distanciando de vocês. Com essa escuridão não dá para precisar onde o atirador está, mas percebem pelos sons que ele está recarregando a arma.

Enquanto os jogadores discutem nervosos o que fazer o Mulder sorri e diz:

-JÁ SEI!!! Mestre, eu estou indo até o meio do salão e começo a pular gritando "atira em mim, vampiro! Atira em mim! "

Estupor geral.

Depois de alguns segundos de surpresa, o resto do grupo ficou indeciso entre ficar olhando para o "gênio" incrédulos ou cair na risada... incluindo eu mesmo.

Depois de esperar mais alguns momentos, na esperança vã de que isso fosse apenas a parte estranha de uma complicada estratégia tão bem elaborada que nenhum de nós entenderamos, consegui falar:

- Olha, Mulder, na boa! Você vai fazer isso, e eu não vou te sacanear. Já decidi qual será a ação seginte do vampiro, independente da resposta que você for me dar, mas POR FAVOR, me explique direitinho o porquê dessa estup... idéia extravagante!

O ardiloso (cof, cof!) jogador vira para mim com aquele sorriso de superioridade e fala:

-Mas é muito claro! É só ficarmos prestando atenção. Quando o vampiro atirar em mim EU VOU VER DE QUE DIREÇÃO O TIRO VEIO E SABER ONDE ELE ESTÁ!

Desnecessário dizer que o plano deu certo, né? Realmente, o bravo Mulder viu de onde veio o disparo. Aliás, foi a última coisa que ele viu na vida...

São esses jogadores brilhantes que fazem minha vida tãããããão interessante...

6 comentários:

guerrasdraconicas disse...

Isso foi uma das coisas mais estupidas que vi num RPG. Ele podia pelo menos ter levado um colete, ou algo assim, mas ... Hahahahha

Jaime Daniel disse...

Salve!

Pois é, meu caro!

Imagina a surpersa deste probre narrador diante da... hmmm... "genialidade" do indivíduo.

Alguém pelo amor de Deus chama a Scully!!!

Tiago Lobo disse...

Adorei!
Hahahahaha.

Ele foi o legítimo Mártir do grupo B :P

KoutzUra disse...

... o.0

Eu já entrei numa dungeon gritando "tem alguém aí!?".

Não entendi muito bem, mas pela reação do grupo, não foi uma idéia muito brilhante... =_=

Rocha disse...

Grande Jaime,

bens a Deus, todo grupo tem um que faz essas coisas, eu chamo isso de jogador multidimensional, ele esta em uma dimensao e o jogo esta e outra....

Jaime Daniel disse...

Salve!

Tiago: Pode acreditar!

Rocha: E eu nem chamo de nada! Mas eles continuam aparecendo...

Koutzura: Bom, vc pode dizer que vc pensava em... não, isso não! Vc poderia argumentar que... nhááá´, també não! talvez... putz, pior ainda!
É, Tadashi, a idéia foi ruim mesmo... XD